Destaque

quinta-feira, 28 de abril de 2011

O MEDO PROVA SUA INCREDULIDADE

Entenda, quando declaro meu medo, confesso minha incredulidade.

Exemplo: Sai de minha boca: "Tenho medo de sair à noite, medo de andar de avião, medo de pegar dengue..."

Chega aos ouvidos de Deus: "Ele não poderá me guardar. Não poderá com este avião. Quem é Ele para me proteger da dengue..."

A Palavra de Deus (Bíblia) nos narra a história de Asa (filho de Abias), o 3º de 20 reis de Judá que, enquanto ele colocava sua confiança em Deus, vencia, prevalecia seu reinado (reinou por 41 anos). Leia 2 Cr 14.11 e note:

- “além de Ti não há quem possa socorrer” – Vemos aqui que o rei Asa reconhecia o poder de Deus.

- “em Ti confiamos” – notamos que Asa confiava muito mais em Deus do que em seu próprio exército.

Com estas atitudes contrárias ao medo, sabe quem venceu esta batalha? Judá. E isto acontece com todos que expulsão seus medos e passam a colocar toda sua confiança em Deus independente do grau de dificuldade. Quando se confia em Deus verdadeiramente, sua batalha passa a ser dEle (Êx 23.22).

Ao invés de declarar seu medo, confesse, profetize sua vitória e lembre-se, os que confiam no Senhor são como os montes de Sião, não se abala mas permanecem para sempre.

O medo nos afasta de Deus e nos faz aproximar do fracasso. Foi o que aconteceu com este rei que ao dar lugar à incredulidade que o levou à derrota. Leia agora em 2 Cr 16.12.

Como tá sua fé? O medo tem lhe dominado? Levante-se!

Passe a olhar para Deus e não aos problemas.

Talvez você diz: “tem razão, mas já é tarde, tô caído”. Não reparou que Deus é quem esta falando contigo através destas palavras? O cair é do homem e o levantar é de Deus.

Levante-se e vença para honra e glória dAquele que lhe chamou!


Em Cristo,

Emerson José

0 comentários:

Postar um comentário